Ferramenta para geração de idéias e soluções

Postado por Mauricio Dorneles

BRAINSTORMING

• Brain - cérebro (cerebral)
• Storming - tempestade
• Tempestade Cerebral

É a percursora de muitas técnicas de geração de idéias existentes. Foi originalmente desenvolvida por Osborn em 1930 e é provavelmente a mais conhecida e utilizada de todas. É baseada em dois princípios e quatro regras básicas.

Princípios:

• Suspensão do julgamento é o de possibilitar a geração de idéias sobrepujando o pensamento de julgar e criticar.
• Quantidade gera a Qualidade, quanto maior for o número de idéias geradas, maior será a possibilidade que uma delas originará uma solução para o problema.

Regras:

• Eliminação de críticas, para que o princípio seja válido e para eliminar possíveis bloqueios por parte dos participantes;
• Tentar estar desinibido e externar as idéias tal qual aparecem;
• Quanto mais idéias, melhor; e
• Combinar e melhorar as idéias já existentes, facilitando a geração de idéias adicionais.

Como fazer:

Reuna um grupo de pessoas com no máximo 12 participantes. Deste grupo um assume o papel de coordenador e outro o de secretário (escriba); Antes da reunião os participantes recebem o enunciado do problema ou da questão que irão trabalhar e quando possível, informações adicionais. Informar antes os princípios e as regras do Brainstorming, mesmo que o grupo seja experiente. Caso necessário, realizar um exercício de aquecimento (ativador) com o grupo. Iniciar pedindo ao pessoal que sugira idéias que serão anotadas. Quando o coordenador julgar que já tem idéias suficientes deve encerrar a reunião. A fase seguinte é feita com um pequeno grupo de três a cinco pessoas, que farão o que se convencionou como Brainstorming Invertido, em que é feito o julgamento sobre a consistência das idéias em confronto com o enunciado da questão trabalhada.

b) BRAINSTORMING INVERTIDO

É simplesmente uma inversão da regra da eliminação de críticas do Brainstorming normal. O objetivo é imaginar todos os possíveis problemas que uma determinada idéia possa causar. Eqüivale ao papel de Advogado do Diabo ou a uma verdadeira sessão de críticas.

c) BRAINWRITING

Este tipo de Brainstorming é utilizado quando por uma questão de manter o anonimato da pessoa que deu a idéia ou quando o grupo tem dificuldade de se expressar em público. Tem as mesmas características (princípios e regras), a diferença reside no fato de as idéias ao invés de serem dadas de viva voz, são escritas em folhas de papel sem identificação da pessoa e entregues ao coordenador ao final da seção.